Blog

Apoio Marítimo: Debates marcam o terceiro dia de painéis

“Nossa atividade depende de uma regulação forte, que garanta regras claras para que a concorrência seja justa”. Com esta afirmação, Luis Fernando Resano, vice-presidente do Sindicato Patronal das Empresas de Navegação Marítima Comercial, Syndarma, abriu o debate sobre o panorama da navegação de apoio marítimo, os aspectos regulatórios e os principais desafios e perspectivas do setor. O encontro aconteceu no último dia de realização da Marintec South America, principal evento da indústria naval.

“Temos a lei 9432/97, que é moderna e flexível e que inclusive determina que o capital a ser investido no afretamento ou na construção de embarcações pode ser estrangeiro. Mas o que é imperativo é ter as mesmas regras e condições para todos”, argumenta Resano.

A vice-presidente executiva da ABEAM (Associação Brasileira das Empresas de Apoio Marítimo), Lilian Schaefer, reforça também a importância de uma comunicação fluente com a ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários). “Temos uma mudança importante no cenário do apoio marítimo, com a perspectiva da entrada de outras empresas contratantes no setor offshore. Até agora contávamos apenas com a Petrobras, que ainda representa 90% dos contratos em vigência. Além disso, estamos acompanhando a discussão em torno da exigência de conteúdo local, que vai impactar também o nosso segmento. Ou seja, é um momento delicado, de muita expectativa”, diz.

Lilian comenta também sobre o pleito encaminhado pelo setor à ANTAQ para rever as normas que regulamentam os contratos de afretamento diretamente entre companhia de navegação e contratante. “Hoje, a Petrobras muitas vezes define a relação comercial com contratos de prestação de serviços, que tem outras regras e normativas e não é adequado para o tipo de operação e fragiliza a segurança jurídica da atividade. Sem segurança jurídica não há investimento. Sem regras claras, ninguém entra no jogo”, sentencia vice-presidente executiva da ABEAM.

Fonte: Conteúdo Empresarial

ubm white new

   Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

Newsletter

entrada invalida
entrada invalida
entrada invalida
entrada invalida